.

Pergunta:

Anónimo: Estou namorando um rapaz que não é Adventista. Não somos mais criança, e por isso, nosso namoro é sério. O problema é que eu tenho medo de que isso afete minha vida espiritual. Fico com dúvidas. Se eu forçá-lo a vir para a igreja ele vai tomar a decisão só por minha causa. Se eu deixá-lo a vontade, ele pode acabar perdendo a oportunidade. Pensei em dar um prazo para nossa relação e dentro deste prazo observá-lo e pedir a Deus que me mostre mais claramente o que fazer. Quero saber qual o plano de Deus para minha vida?

Resposta:

Pense em algumas questões:

1. Se você estabelecer um prazo para que ele demonstre ou não a aceitação, e este prazo for definido em oração a Deus, creio que Ele mostrará para você o tempo ideal. Deus conhece o fim desde o princípio, e sabe se o seu namorado vai aceitá-lo ou não. Por isso ele pode lhe sugerir um prazo que não seja arbitrário.

2. Caso vocês terminem o namoro, não creio que isso vai acabar com um possível interesse dele pela igreja. Se a relação de vocês for equilibrada, se ele acompanhar vários programas da igreja, ele vai criar uma imagem pessoal acerca da igreja. Por mais que vocês terminem, se esta imagem foi positiva, o Espírito Santo pode trabalhar com ele. Não significa que você vai estar expulsando-o da igreja. Não se esqueça de que somos responsáveis primeiro pela nossa salvação. Não adianta você querer salvá-lo se isso estiver comprometendo sua salvação.

Se vocês terminarem por não se entenderem, e esse término for sem "agressões" acredito que ele vai saber separar as coisas. Ele vai saber notar que você foi uma garota cristã, mas que vocês não combinava. Isso não afeta o seu testemunho. Só acho que você não pode ficar enrolando a ele, porque ai sim pode comprometer. Se em algum momento você sentir que o namoro pode não dar certo por qualquer outro motivo que não o religioso, é hora de terminar sem desgaste. Agora, se você sente que não vai dar certo, mas fica tentando manter a relação com medo do que pode acontecer, ai eu creio que o fim vai ser difícil e isso pode afetar a imagem que ele tem de você e em conseqüência também da igreja.

3. Você não pode ficar muito preocupada com os verdadeiros motivos do interesse dele pela igreja. Creio que você deve incentivá-lo sempre, e observar. Quando o interesse não é sincero, ele logo aparece. Como? A pessoa vai a igreja, mas é sempre forçada.

Ela não tem iniciativas religiosas próprias. Você é quem sempre tem de estar convidando para ler a lição, orar, ir a igreja, etc. Isso é sinal de que a religião é só para ter você. Algumas pessoas se decepcionam, porque no devido tempo não querem ver o que está dando na cara. Por isso, vá em frente e observe.

Espero que lhe ajude. Não deixe de orar, investir e observar.

Maranata!

---

Postar um comentário

Universo Jovem Adventista

{picture#http://3.bp.blogspot.com/-X6ITLkOO-dU/Von21F5i21I/AAAAAAAABwY/dLoMMcLpSMc/s1600/Isaiascv.jpg} Me chamo Isaías Cardoso, sou o moderador do Blog 'Universo Jovem Adventista', criado em 2009 para dar suporte com materiais para o MJ. Sou líder desbravador e líder master de jovens. Obrigado pela visita! :) {facebook#http://web.facebook.com/isaiascv} {twitter#http://twitter.com/isaiascv} {google#https://plus.google.com/u/0/+IsaíasCardoso} {pinterest#https://br.pinterest.com/isaiascv/} {youtube#https://www.youtube.com/user/isaiascvnet} {instagram#https://www.instagram.com/iscarcv/?hl=pt-br}
Tecnologia do Blogger.