.

Jacqueline tinha oito anos de idade e seu irmão Coly tinha seis, quando perderam o pai, em um acidente automobilístico. Então, Jacqueline, muito ligada ao pai, ficou desesperada. Ele, que era seu disciplinador dedicado, já não estava mais presente. Em poucos meses, tudo se transformou. A mãe, que não se preocupava com a disciplina da família, agora se descontrolava com freqüência.

Um caos, uma revolta sem fim tomou conta da família. Irmão contra irmão, gritos, agressões e palavrões até mesmo contra a própria mãe. Uma situação insustentável. Então, a mãe percebeu que necessitava de ajuda para reequilibrar e assumir o controle da família, já que não restava outra opção.

Contratou uma educadora para auxiliá-los.Depois de muitas análises do comportamento e da rotina familiar, a educadora traçou um plano. Respeito, vontade, obediência e muito diálogo, foi o que receitou.
Colocou para a mãe a necessidade da liderança, para dar um norte aos filhos, e o estabelecimento de limites.

Aquela garotinha havia perdido não só a presença e o amor do pai, mas também as barreiras em que se apoiava para a conquista da liberdade. Aos poucos, a mãe foi aprendendo a exigir na hora certa, a direcionar os acontecimentos com firmeza e respeito, assumindo realmente o seu papel de mulher adulta e responsável. O lar voltou a ter harmonia e tudo melhorou.

Jacqueline agora entendia que havia alguém de volta na sua vida que, por muito amá-la, lhe dizia o que podia ou não fazer, o que estava certo ou errado. Assim, ela ficou mais doce e amável, tornando-se grande companheira da mãe, como nos tempos do pai.

* * * A educação deve ser o centro das atenções nas famílias, pois a família é a célula da sociedade. Cada detalhe ou acontecimento devem ser explicados com naturalidade, sem que o educador negligencie ou desconsidere a inteligência da criança. Com devotamento na educação, evita-se que os filhos fantasiem ou criem pensamentos equivocados a respeito da vida.

Um diálogo sincero e amigo traz à tona o sentimento para se juntar à teoria, fortalecendo e criando novos hábitos, em bases sólidas e confiáveis. O diálogo lúcido e respeitoso impede a formação de personalidades caprichosas, que só estão satisfeitas quando podem ditar a última palavra. A educação correta na infância poupa desgastes no futuro e evita impactos dolorosos e marcantes no ciclo da vida.

* * * A melhor, a mais eficiente e econômica de todas as modalidades de assistência é a educação, por ser a única de natureza preventiva. Não remedeia os males sociais; evita-os.

Postar um comentário

Universo Jovem Adventista

{picture#http://3.bp.blogspot.com/-X6ITLkOO-dU/Von21F5i21I/AAAAAAAABwY/dLoMMcLpSMc/s1600/Isaiascv.jpg} Me chamo Isaías Cardoso, sou o moderador do Blog 'Universo Jovem Adventista', criado em 2009 para dar suporte com materiais para o MJ. Sou líder desbravador e líder master de jovens. Obrigado pela visita! :) {facebook#http://web.facebook.com/isaiascv} {twitter#http://twitter.com/isaiascv} {google#https://plus.google.com/u/0/+IsaíasCardoso} {pinterest#https://br.pinterest.com/isaiascv/} {youtube#https://www.youtube.com/user/isaiascvnet} {instagram#https://www.instagram.com/iscarcv/?hl=pt-br}
Tecnologia do Blogger.