.

Em um mundo ideal, todos deveriam ter formação em primeiros socorros. Mas, de acordo com St. John Ambulance, até 150 mil pessoas morrem desnecessariamente na Grã-Bretanha a cada ano por ataques cardíacos e vítimas de asfixia. Por causa disso, a instituição de caridade “The Difference” lançou uma campanha para ensinar como lidar em situações comuns. A entidade aponta os dez maiores equívocos em se tratando de primeiros socorros:

Mito 1: A ambulância chegará em um minuto. Não, se você apenas chamá-la, ela não vai. Na Inglaterra, por exemplo, a meta de tempo de resposta para emergências de risco de vida é de oito minutos, e apenas para 75% de todos os incidentes. Tempo suficiente para que o acidentado, dependendo da gravidade, morra.

Mito 2: Melhor não fazer nada para não piorar a situação. Se alguém está sangrando e você não fizer nada, a pessoa pode perder muito sangue e morrer e se alguém está inconsciente, não respirar e você não fizer nada, a pessoa pode continuar inconsciente e não respirar.

Mito 3: Caso haja um sangramento pelo nariz, é preciso inclinar a cabeça para trás. Esta ação pode fazer com que o sangue desça para a garganta e cause náuseas e vômitos. Em vez disso, incline a cabeça para frente, aperte as narinas e respire pela boca. Se você ainda estiver sangrando em 30 minutos vá para o hospital.

Mito 4: Vítimas de ataque cardíaco devem deitar-se, ao invés de sentar-se. A posição semi-sentada com os joelhos dobrados e cabeça e os ombros apoiados é a melhor para a pessoa respirar.

Mito 5: Se um braço ou uma perna está sangrando muito, você deve amarrar um torniquete apertado acima do ferimento. Em vez disso deve ser feita uma pressão sobre a ferida com um curativo, e elevar o membro machucado.

Mito 6: Você nunca deve mover alguém depois de um acidente de trânsito, mesmo se não estiver respirando. Mesmo com lesões na coluna vertebral, é mais importante se certificar de que a pessoa está respirando. Deve-se inclinar a cabeça, levantando seu queixo.

Mito 7: Se uma criança bebe água sanitária, faça-a vomitar. Isso pode causar mais danos quando o vômito sai do corpo. Ligue para a emergência e dê à ela leite frio ou água, se eles têm os lábios queimados de substâncias corrosivas.

Mito 8: Se alguém está sufocado com um objeto estranho, vai apreciar um par de dedos garganta adentro. Isso realmente pode empurrar ainda mais para baixo a obstrução. Em vez disso, bata com firmeza no meio das costas.

Mito 9: Se alguém está tendo um ataque epiléptico, colocar algo em sua boca – uma colher, talvez. Isto é usado para evitar que o indivíduo morda a língua, mas eles estão propensos a quebrar os dentes, ou o próprio objeto e, em seguida engasgar com os pedaços. A melhor coisa é amortecer a área com algo como um casaco ou cobertor.

Mito 10: Se alguém se sente fraco, coloque sua cabeça entre as pernas. Eles podem simplesmente cair para frente. Em vez disso, deite a pessoa e levante suas pernas para aumentar o fluxo sanguíneo para o cérebro. Certifique-se que há abundância de ar fresco.

Opinião e Notícia

---

Postar um comentário

Universo Jovem Adventista

{picture#http://3.bp.blogspot.com/-X6ITLkOO-dU/Von21F5i21I/AAAAAAAABwY/dLoMMcLpSMc/s1600/Isaiascv.jpg} Me chamo Isaías Cardoso, sou o moderador do Blog 'Universo Jovem Adventista', criado em 2009 para dar suporte com materiais para o MJ. Sou líder desbravador e líder master de jovens. Obrigado pela visita! :) {facebook#http://web.facebook.com/isaiascv} {twitter#http://twitter.com/isaiascv} {google#https://plus.google.com/u/0/+IsaíasCardoso} {pinterest#https://br.pinterest.com/isaiascv/} {youtube#https://www.youtube.com/user/isaiascvnet} {instagram#https://www.instagram.com/iscarcv/?hl=pt-br}
Tecnologia do Blogger.